Rinite: Tipos, Sintomas, Como Tratar e Remédios

A Rinite nada mais é do que um termo médico utilizado para definir e descrever a irritação e inflamação crônica ou aguda da mucosa nasal. Trata-se de uma doença que pode ser causada por bactérias e também por vírus, no entanto, de uma maneira geral ela manifesta-se na maioria dos casos em decorrência de alergia ao pó ou à fumaça, por exemplo.


A rinite causa uma inflamação que acaba levando à produção excessiva de muco gerado pelo acúmulo da histamina, causando o mais comum sintoma da doença: o escorrimento nasal.

Quais são os Tipos de Rinite?

rinite


Existem dois tipos de rinite: a rinite alérgica e a rinite não alérgica. Saiba quais são as diferenças entre as duas:

Rinite não alérgica: é geralmente causada por inflamação que não decorre de alergia, podendo se manifestar, também, em decorrência de problemas na própria anatomia das vias nasais do paciente.

Rinite alérgica: esse é o tipo mais comum de rinite. Podendo ser causada pelos ácaros, pólen e descamação de pele de animais, esses causados como “alérgenos” que estão presentes no ar do nosso dia a dia. Além disso, pode se manifestar também em decorrência de reações alérgicas à coceiras, produtos químicos e cigarros e remédios.

Sintomas da Rinite

Os sintomas mais comuns da rinite, seja ela alérgica ou não alérgica, são os seguintes:

  • Entupimento nasal
  • Problemas com odores
  • Escorrimento de secreção do nariz
  • Espirros constantes
  • Irritação no nariz, na boca, olhos, garganta ou pele
  • Coriza e Espirros
  • Lacrimejamento nos olhos
  • Alergia e ardor nos olhos
  • Tosse, dor de cabeça e falta de ar (em quadros mais isolados)

O diagnóstico do quadro de rinite deve ser feito por um médico especialista. Geralmente, a detecção ou não da doença é feita por meio da anamnese e do exame clínico, sempre com o auxílio de exames complementares como dosagem de IgE específica, testes cutâneo-alérgicos, citologia de secreção nasal e prova de provocação nasal.

O médico pode, também, realizar um exame físico e fazer perguntas sobre os sintomas. O histórico deles é importante para diagnosticar, por exemplo, a rinite alérgica. Outra opção é fazer um ame de sangue.

Como tratar a rinite?

O tratamento contra a rinite consiste em afastar qualquer possibilidade que possa desencadear uma crise, ou seja, manter-se longe de ambientes que ficaram fechados por muito tempo, que tenham muito pó ou fumaça. Existem, ainda, alguns medicamentos que podem ser utilizados, como descongestionantes, corticosteroides, e anti-histamínicos.

No entanto, esses medicamentos devem sempre ser prescritos ou indicados por um médico, após o profissional ter avaliado pessoalmente o quadro do paciente. Existem no mercado diversos  medicamentos diferentes que devem ser prescritos em função do tipo e da gravidade dos sintomas, da idade e da existência de outras doenças, como a asma. Portanto, nada de automedicação, sempre consulte um médico-especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *