Gases Intestinais: Como Acabar com Eles?

Gases é um problema que, embora não seja grave, é bastante constrangedor e pode colocar as pessoas em situações embaraçosas. Na maioria das vezes, a pessoa não sabe o que causa este quadro nem o que pode fazer para preveni-lo. Já falamos aqui sobre o que é bom para eliminar gases e as principais dicas, nesse artigo daremos informações para diminuir as flatulências indesejáveis.


Este problema pode ser causado por diversos fatores, desde efeitos colaterais de determinados tipos de medicamentos até intoxicações ou alergias alimentares. Mas, afinal, como acabar com os gases intestinais?

Como Acabar com os Gases Intestinais

gases intestinais


Há diversos métodos que podem ajudar a reverter este quadro. Vamos a eles:

Seja saudável, pratique atividades físicas: ao se exercitar, os movimentos do intestino acabam se aprimorando. Portanto, comece já uma rotina de treinos!

Xô, gordura: a gordura em excesso torna-se mais difícil de ser digerida e pode causar azia e má digestão. Diminua a quantidade dela na sua dieta.

Sem roupas e cintos apertados: o modo de se vestir pode agravar os gases: roupas apertadas dificultam a respiração, além de facilitar a entrada inadequada de ar.

Tente se alimentar em silêncio: quando conversamos com outras pessoas durante uma refeição maiores são as chances de engolir ar juntamente com os alimentos. Ao ficar em silêncio reduzimos o ar engolido e diminuímos o acúmulo de gases.  Não se esqueça de mastigar bem!

Evite bebidas gaseificadas: este tipo de bebida faz aumentar a quantidade de gases no estômago, que por sua vez pode passar para o intestino delgado, causando os gases.

Beba muita água!  Mantenha o corpo hidratado bebendo, no mínimo 1,5 litros de água por dia. Isso também ajuda a evitar os indesejáveis gases.

Chá de hortelã: quando falamos do que é bom para gases, esta bebida está inclusa. O chá de hortelã diminui a contração de determinados músculos intestinais, evitando  o acúmulo de gases .

Tente parar de fumar: fumantes têm a sua respiração prejudicada pelo cigarro, o que acaba facilitando a entrada de ar inadequada.

Mais atenção à dieta: evite alguns tipos de alimentos que são vilões quando o assunto é gases: lentinha, repolho, feijão e couve são alguns deles, pois são ricos em aminoácidos e fibras que possuem grande poder de fermentação. Evitar lactose também é recomendado, já que muitos problemas digestivos estão relacionados com determinados tipos de alergia ou intolerância à lactose.

Fibras sim, mas com moderação: nós sabemos que alimentos integrais, frutas, massas e legumes podem ser opções saudáveis em qualquer dieta, no entanto, elas podem se tornar um pesadelo para quem sofre com os gases. É preciso estar com o corpo hidratado para ingerir estes alimentos, caso contrário, as fibras existentes neles se acumularão e não serão digeridas pelo estômago como deveriam.

Incorporar alguns desses métodos na rotina diária pode ajudar a vences os gases e escapar de situações desconfortáveis. Mas, lembre-se: se o quadro piorar de alguma forma e outros sintomas começarem a aparecer, procure um médico imediatamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *