Queda de Cabelo: Melhor Tratamento e Remédio contra Queda

O problema é relacionado a fatores genéticos, hormonais e emocionais. Veja o que é bom para queda de cabelos.


A cada dia, perdemos entre 60 e 80 fios de cabelo, principalmente durante o sono (por causa da fricção da cabeça e o travesseiro), na lavagem e penteado. Esta perda é natural, mas quando a queda de cabelos excede mais de cem fios diários, está dado o alerta: se nada for feito, em pouco tempo uma calvície estará instalada.

A queda de cabelos, na maioria dos casos, é decorrente de informações genéticas. Estudos indicam que 80% dos homens até os 70 anos e 30% das mulheres até os 50 anos experimentarão este problema. Algumas alterações nos folículos pilosos que resultam em destruição da matriz capilar resultam em calvície permanente, só corrigida com um implante.


Tudo sobre Queda de Cabelo

Fatores ambientais, hormonais e emocionais também são causas da alopecia areata (AA), também associada a problemas imunológicos; nestes casos, no entanto, o tratamento deve ser feito no sentido de eliminar ou aliviar os problemas, já que não ocorre um fator orgânico para determinar a queda de cabelos. A AA também pode afetar a barba, os pelos púbicos e outras áreas do corpo.

A alopecia androgenética (AAG), que afeta homens e mulheres, é irreversível e progressiva; portanto, quanto antes o problema for detectado, mais simples será o controle do processo: os fios continuarão caindo, mas em proporção menor. A tendência ao desenvolvimento de AAG pode ser identificada em um teste de DNA, com material colhido na mucosa da boca.

queda de cabelo

Tratamento Contra Queda de Cabelo

Antes de partir para o implante capilar, é preciso receber uma boa orientação de um especialista. Os tratamentos médicos mais comuns são remédios para reduzir o DHT (di-hidrotestosterona, hormônio androgênico produzido a partir da testosterona). Os resultados se tornam consistentes de seis a oito meses de uso contínuo, mas o tratamento deve ser mantido, com supervisão médica, entre os 16 e 50 anos, para evitar recidivas.

Melhores Remédios para Queda de Cabelo

A Finasterida é uma das drogas que inibe a produção de DHT e sua ação sobre os bulbos capilares predispostos à calvície. Pode ser usada em forma tópica ou oral. Funciona bem nas entradas, coroa e centro da cabeça, principais “pontos de partida” da queda dos cabelos.

O Minoxidil fortalece a circulação sanguínea no couro cabeludo, retardando a queda dos cabelos. O uso isolado apresenta resultados limitados, já que a substância age apenas impedindo que os cabelos caiam, sem estimular o crescimentos de novos fios.

Melhor solução para calvície existente hoje é: Minoxidil 5% (2x ao dia) + Finasterida 1mg (1x ao dia)

Existem outros produtos, porém não demonstram tanta eficácia.

O 17 Alfa-Estradiol é uma solução capilar indicada para casos em que a fase de crescimento dos fios mostra alterações. Em casos de alopecia leve e moderada, para ambos os sexos, o produto apresenta resultados bastante consistentes.

O Zymo HSOR acaba de chegar ao mercado brasileiro. Trata-se de um complexo de enzimas, de uso tópico (na forma de xampus e tonificantes), indicado para homens e mulheres. Ele tem a propriedade de degradar o DHT nas raízes dos fios.

Sempre lembrando que a dieta alimentar deve ser bem balanceada, já que a carência de vitaminas e minerais pode provocar a queda dos cabelos, há também tratamentos naturais, à base de fitoterápicos. Pesquisas mostram que o Gingko Biloba é eficaz para ativar o sistema circulatório e consequentemente reduzir a calvície.

Xampus e condicionadores com babosa (Aloe vera) e alecrim na formulação também são indicados para casos leves.

Calvície Feminina

calvície feminina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *