Como Acabar com as Espinhas – Tratamento e Remédio

É preciso cuidado com os tratamentos e não é nada bom espremer espinhas. Veja alguns tratamentos caseiros e remédios indicados para cada caso de acne e espinhas.


Definitivamente, o que é bom para espinhas são as comidas gordurosas, como amendoins e os combos da rede de fast food. Aumentar a ingestão de gordura facilita a erupção das temidas marcas na pele, que afetam principalmente os adolescentes, mas não apenas eles.

Brincadeiras à parte, os jovens, depois da puberdade, terão que se acostumar com um período convivendo com um número maior ou menor de espinhas, mesmo que tenham uma alimentação balanceada. Os culpados são os hormônios sexuais, cuja produção é acelerada na adolescência e provoca também o aumento da produção sebácea.


Como Acabar com as Espinhas?

acne e espinha

Normalmente, acordamos de manhã e, logo ao olhar para o espelho, chega a notícia: uma espinha apareceu da noite para o dia. Mas não é isto que ocorre. Para a espinha tornar a famosa forma de vulcão sobre a pele, é necessário fugir primeiro um cravo, lesão primária da acne (que engloba cravos, bolhas, comedões – protuberâncias claras e escuras que surgem no rosto, que conferem um aspecto áspero – e todas as formas de espinhas). Isto ocorre semanas e até meses antes da bolinha cheia de pus aparecer.

As inflamações na pele que resultam nas espinhas surgem quando os poros são obstruídos, o que impede ou dificulta a eliminação de gordura e sebo, que se acumulam sob a pele, formando cravos. Eles também resolvem aparecer quando a produção de queratina aumenta. Queratina é uma substância presente nos cabelos e unhas.

Surge então a infecção: o cravo enfrenta a invasão de microrganismos interessados no alimento farto a região e transforma-se em espinha. espinhas tratamentos

Receitas caseiras para acabar com as espinhas

É preciso passar longe de algumas destas soluções mágicas. O creme dental não resolve o problema das espinhas (mas pode ajudar a obstruir outros poros). Em outros casos, as receitas têm, em seus ingredientes, produtos que podem causar manchas, alergia e mesmo queimaduras.

Até pouco tempo, acreditava-se que o consumo de chocolates não provocava o aumento do número das espinhas. Hoje, estudos comprovaram que o consumo do doce, que é altamente calórico e gorduroso, é um grande vilão. Ao se deparar com um pico de glicose, o organismo reage produzindo insulina, hormônio que controla a taxa de glicose no sangue. Com a desregulação hormonal, surgem os cravos e espinhas. A acne está relacionada a uma propensão genética: doces e cremes inadequados apenas podem piorá-la.

Por outro lado, uma xícara de arroz embebida em meio litro de leite ajuda bastante a melhorar a aparência. Deixe a mistura na geladeira por algumas horas e depois bata tudo no liquidificador. Aplique o “produto antiacne” (que fica com textura cremosa) várias vezes ao dia. Em seguida, lave o rosto com água em abundância.

Uma batata espremida é outro tratamento eficaz. Esfregue as rodelas sobre a acne, deixe agir por 15 minutos em lave o rosto.

espinhas como tratar

Tratamento para Espinhas

Para esconder algumas imperfeições e disfarçar o envelhecimento, muitas mulheres recorrem a cremes, maquiagem, bases e os muitos lançamentos que o mercado oferece quase diariamente, mas é preciso moderar no uso de cosméticos. O motivo é o mesmo: eles tapam os poros, facilitando o surgimento de cravos.

Sabonetes bactericidas combatem os germes que colonizam nossa pele, mantendo o equilíbrio populacional destas colônias. Por outro lado, muitos deles causam ressecamento. O organismo entende que é preciso elevar a produção do sebo, precursor do cravo.

Tratamentos para espinhas variam de acordo com a gravidade do quadro. Para os casos mais leves, há produtos tópicos. Deve se dar preferência aos géis. Acnes mais acentuadas podem ser combatidas com medicamentos antibióticos e anti-inflamatórios. O tratamento mais comum é feito com isotretinoína, que regula a produção de gordura no organismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *