Chia: o que é e para que serve, quais os benefícios para saúde

É uma semente rica em Ômega 3, antioxidantes, fibras, aminoácidos e proteínas. Veja como se beneficiar com a chia.


A chia, ou sálvia hispânica, é uma planta nativa do sul do México e Guatemala, com sementes pequenas e ovais de coloração variada (do branco ao preto). Alguns registros espanhóis deram conta de que os guerreiros maias ingeriam um punhado de chia e conseguiam combater durante dois dias, sem dar sinais de cansaço. Os astecas usavam o cacau como moeda; os maias, a chia.

As sementes são a forma mais comum de comercialização, mas os consumidores também podem obter pó e óleo de chia e, em algumas casas de ervas, é possível encontrar as folhas da planta, que são utilizadas em infusões. O uso principal é como auxiliar do emagrecimento, mas existem muitas outras funções.


Quanto devo consumir de chia por dia?

A porção recomendada é de 25 gramas de sementes de chia integrais ou trituradas, o equivalente a uma colher de sobremesa.

O óleo pode ser utilizado para temperar saladas; já a farinha e o grão inteiro de chia entram nas mais diversas receitas de bolos e tortas, e também podem ser apenas salpicados em sucos, iogurtes, vitaminas, etc.

chia

Os Benefícios da Chia

As sementes de chia são ricas em gorduras poli-insaturadas: elas são compostas em 60% por ômega 3, ácido graxo que fortalece o cérebro e o coração, reduz inflamações e o colesterol ruim e melhora o desempenho cognitivo. Apenas uma porção de chia contém 400% de nossas necessidades diárias de Ômega 3.

A chia é rica em fibras solúveis e insolúveis, que ajudam a regularizar o trânsito intestinal e a reduzir a retenção de líquidos e a prisão de ventre. Cem gramas de chia garantem 13,6 gramas de fibras; um adulto deve consumir diariamente não menos de 40 gramas.

No estômago, estas fibras formam uma espécie de gel que dilata o órgão, prolongando a sensação de saciedade e evitando lanches fora de hora. As sementes de chia também atuam como agentes desintoxicantes.

A chia também é fonte de magnésio: uma porção possui 28% das necessidades diárias de um adulto. O magnésio é importante para manter o bom funcionamento do cérebro, melhorando as habilidades cognitivas, atenção, concentração, etc.

Um benefício da chia especial para as crianças: as sementes fornecem 64% do manganês que precisamos. Este sal acelera as reações enzimáticas (como a digestão, por exemplo) e estimula o crescimento dos ossos e do tecido conjuntivo.

Com relação ao zinco, a chia oferece 13% do necessário. O nutriente fortalece o sistema imunológico e melhora o paladar, tato e visão. O sal aumenta a liberação do hormônio do crescimento e contribui para a formação do colágeno.

chia benefícios

Cem gramas de chia têm 16 gramas de proteínas, o dobro do verificado em cem gramas de arroz integral. As sementes são uma opção para quem pratica atividades físicas intensas e precisa repor proteínas para auxiliar na reconstrução muscular.

A chia também é rica em potássio, que protege os atletas contra as cãibras, comuns nos treinos. A porção tem mais deste nutriente do que duas bananas grandes. Mas, depois das atividades, é sempre possível aliar a dupla chia e banana.

Sempre que se fala em cálcio, logo vem à mente o leite como principal fonte. Cem gramas de chia, no entanto, fornecem três vezes mais cálcio do que um copo de leite integral. Esta é uma boa dica também para quem tem intolerância à lactose (o açúcar do leite). O cálcio é um mineral fundamental para a saúde dos ossos e dentes.

No quesito “teor de ferro”, a chia desbanca as verduras verde-escuros. Cem gramas de sementes oferecem três vezes mais ferro que a mesma quantidade de espinafre, que corresponde a 68% da necessidade nutricional diárias.

A mesma porção de sementes fornece 20% da vitamina A que devemos ingerir todos os dias. Com isto, a chia fortalece o sistema imunológico e protege a pele e os ossos contra o envelhecimento precoce. O teor de vitaminas do complexo B é elevado: 13% das necessidades de niacina, 5% das de riboflavina e 30% das de tiamina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *